Class Central is learner-supported. When you buy through links on our site, we may earn an affiliate commission.

Coursera

Relações Internacionais

Fundação Instituto de Administração via Coursera

Overview

Nossas boas-vindas ao Curso Relações Internacionais.

Este curso tem o objetivo de apresentar os tipos de acordos e instituições que constituem o comércio internacional. O participante também compreenderá os mecanismos de classificação fiscal, as medidas protecionistas e as tradicionais etapas de internacionalização de empresas.

É composto por quatro módulos, disponibilizados em semanas de aprendizagem. Cada módulo é composto por vídeos, leituras e testes de verificação de aprendizagem. Ao final de cada módulo, temos uma avaliação de verificação dos conhecimentos.

Estamos muito felizes com sua presença neste curso e esperamos que você tire o máximo de proveito dos conceitos aqui apresentados.

Bons estudos!

Syllabus

  • Blocos econômicos
    • Neste módulo, veremos quatro conceitos. Serão apresentadas as políticas que regulam as relações internacionais entre os países, suas regras e mecanismos de gestão das relações comerciais. As estratégias representam formas de acesso a mercados, seja para a exportação de produtos em busca de novos mercados, como para a importação de produtos que faltam no mercado interno. A Organização Mundial do Comércio é responsável pelo estabelecimento de regras e normas de acesso a mercados. Da mesma forma, estabelece critérios e atua como um fórum de solução no caso de problemas envolvendo os países membros. Por fim, o bloco econômico mais importante para o Brasil é o Mercosul. Dada sua localização geográfica e semelhança nos costumes dos povos, trata-se de um bloco de suma importância para quem atua no comércio internacional brasileiro.
  • Conceitos Centrais
    • Neste módulo, veremos quatro conceitos. As exportações representam uma excelente oportunidade para o crescimento dos negócios e a eliminação da dependência apenas do mercado interna, entrada de moeda estrangeira e desenvolvimento à partir do conhecimento adquirido e implementado para atuar em novos mercados. As importações representam oportunidade para a entrada de produtos estrangeiros, representando oportunidades para a implantação de novas tecnologias e a compra de materiais que não existem no mercado interno. O objetivo da classificação fiscal é compreender a importância da classificação fiscal de mercadorias no comércio internacional, além de analisar exemplos e aprender os conceitos centrais para a classificação dos seus produtos. Por fim, a escolha de mercados é uma etapa essencial para a definição das ações que devem ser implementadas para a internacionalização de uma empresa. Analisar oportunidades e conceitos teóricos devem auxiliar na tomada desta decisão estratégica.
  • Medidas Protecionistas
    • Neste módulo, veremos quatro conceitos. As tarifas representam mecanismos de controle a serem implementados por parte dos governos, seja para favorecer a entrada de produtos estrangeiros ou para restringir esta prática. Além das tarifas, os governos podem adotar outros mecanismos para facilitar ou restringir o acesso ao seu mercado. Nesse sentido, existem diversas barreiras não-tarifárias que devem ser utilizadas em função do que se pretende em cada situação. O Certificado de Origem garante o acesso de mercadorias produzidas dentro de um país que faz parte de um bloco econômico, facilitando sua comercialização a partir da isenção de impostos. Trata-se de um recurso útil e benéfico para o país exportador, como também para o país que consegue importar com custos mais competitivos para sua população. Já as licenças são exigidas em situações de necessidade de averiguação por parte de órgãos anuentes, como também em situações onde há necessidade de processos específicos em função da natureza da operação ou do tipo da mercadoria.
  • Internacionalização
    • Neste módulo, veremos quatro conceitos. A exportação indireta é a primeira modalidade apresentada na teoria da Escola de Uppsala, representando a forma mais fácil para a comercialização dos seus produtos em outro país. Os participantes da aula terão condições de mapear as vantagens e riscos deste tipo de operação. A exportação direta é uma evolução natural para as empresas que atuam no comércio internacional, representando autonomia e poder centralizado no momento das negociações, bem como na gestão dos embarques. Conhecer suas regras e facilidades, é uma missão essencial para quem atua no comércio internacional. Além das formas tradicionais de exportação, diversas outras possibilidades podem ser adotadas para a entrada em outros mercados. Nesse sentido, os empresários e profissionais que atuam na área internacional devem conhecer tais possibilidades a fim de encontrar a forma mais adequada para cada tipo de negociação ou parceria. Por fim, o Investimento Direto no Exterior (IDE) representa uma decisão de permanência em outro mercado, incluindo a produção in loco. Nessa modalidade, riscos devem ser mapeados à luz das vantagens a serem obtidas. Questões logísticas, tributárias, sociais e de diversas outras naturezas, ajudarão na tomada desta decisão

Taught by

Gleriani Fereira

Reviews

4.9 rating at Coursera based on 11 ratings

Start your review of Relações Internacionais

Never Stop Learning.

Get personalized course recommendations, track subjects and courses with reminders, and more.